quinta-feira, 18 de abril de 2013

Suspiro Na Noite


Raiva de mim eu sinto
Por seu nome não esquecer
Sem querer eu suspiro
Chamando por ti.
Na noite perco o sono
E poemas para ti
Ponho-me a escrever.
Lembro-me de tudo com felicidade no peito
Nada importa, de nada sei, nem quero saber.
Apenas sei que foi bom ficar com você.

Deitado em meu travesseiro
De inocente, e sem perceber.
Eis que meu coração diz:
-Foi bom amar você

Teu nome falei baixinho
E meio de sem querer
Mariana