quarta-feira, 29 de maio de 2013

O Oriente (Oda Nobunaga - part 1)

Um Pouco Sobre Nobunaga Oda

*Quando seu pai morreu, ele fez pouco caso e atrapalhou o velório com brincadeiras, levando seu tutor ao suicídio.

*em 1560 marchou contra Imagawa Yoshimoto, para sua primeira grande conquista, foi quando ele teve primeiro contato com Ieyasu Matsudaira (Tokugawa) e chegaram a lutar, mas o renome dos Oda e fragilidade dos Imagawa e os Matsudaria e de todos os outros clãs aliados pesou por completo. Derrota e assassinato de yoshimoto imagawa na batalha conhecida como Okehazana.

*dai em diante, Oda colecionou jóias raras; os seus subordinados: o jovem Toyotomi Hideyoshi, Mitsuhide Akechi, Mori Ranmaru, tudo através de massacres nos seus países.

*1572. Oda da à mão de Oichi a Nagamasa Azai, mas quer em troca obediência de Azai e traição a aliança com os Asakuras, porém é rechaçado e declara guerra a zai na batalha de Anegawa (já a descrevi). Vence-a, mas não consegue seus objetivos e o casal foge. Nagamasa chega a executar uma armadilha para Oda, mas os subordinados de Oda o ajudam a partir. No cerco ao castelo Odani, Nobunaga vence Azai, e Azai se suicida com a espada de Akechi, depois de Nobunaga o ordenar obediência (cena esta no game).



Nobunaga Em Nagashino

Katsuyori Takeda, filho de Shingen Takeda, junto aos Sanada formaram uma gigantesca frente de ataque com a famosa cavalaria remanescente do pai, e partiram para Nagashino, para enfrentar a coligação Oda-tokugawa.

Cena clássica do jogo: Yukimura liderando uma das frentes ataque, parti para o combate e é alvejado por tiros de mosquete dos Oda-tokugawa. Indignado com isso Keiji Maeda trai Oda e salva Yukimura com seu veloz “matsukaze” o cavalo favorito dele.

Oda-tokugawa forças tinham ao seu dispor 2000 rifleiros a proteção de uma construção laminada (que impedia os cavalos de passarem), além disso, o invencível Tadakatsu Honda estava ao dispor, junto a Mitsuhide, Tokugawa, Katsuie, Toyotomi e muitas outras feras.

As tropas de Katsuyori foram terrivelmente abatidas restando a ele somente a fuga, mas a partir dai, começou uma caça de gato e rato onde Katsuyori sempre era encurralado por Hanzo Hatori, Tokugawa e os outros homens de Oda, mas o pior deles era Tadakatsu, que só não conseguiu finalizar a vida de Katsuyori porque Keiji o segurou enquanto Yukimura o escoltava. Depois de muito cansaço da fuga, Hanzo Hatori e seu próprio clã, os iga-ninjas, mesmo com Yukimura na escolta, deram fim ao remanescente dos Takeda.

escrito por Shino Aburame

sábado, 25 de maio de 2013

Nada

É melhor não ter do que ter e perder.  Se acha o contrário, então fique com a minha dor.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Outra canção grunge

Aquele tempo em suas mãos maravilhosas
agora estou aqui
Sendo aquele homem que sempre fui
Mas nunca quis realmente ser

Eu tenho em mim
Metade do homem,
Que eu queria ser
Para...

Muito tempo em minhas mãos,
‘O por que continuo aqui?’
O mesmo tempo para ser
O que deveria ser

Metade de um homem,
Rastejando.
Metade de um homem
Para ser...

Seguindo o dia de ontem
O mesmo erro, eu Continuo
Deus diz que está certo
O mesmo tempo em minhas mãos.

Metade do homem
Para ser completo...

Sentidos de aranha
Fico longe
Todos correm.
Acho que preciso
De um pequeno dedo
Para tirar de mim

O mesmo tempo maravilhoso
Deito e continuo
Como aqui, como continuar.
Continuar a metade
Para ser completo para...

Em algum momento
Deito aqui
Nos momentos maravilhosos
Que espero aqui
Metade do homem
Para
Para ser...

Sou metade do homem

Para ser completo para você.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Abstinência


Você despertou algo em mim que ainda não conhecia
Algo que faz meu coração palpitar quando está perto,
Algo que o faz sangrar quando está longe.
Sinto medo, medo de pecar
E pecando a perder ou já ter perdido
Não sei se sou quem deveria ser para ter a você.

Fico louco pensando
Quando poderei vê-la novamente.
Fico louco achando
Que não queira mais me ver.
Não sei o que fazer
Não sei por que não consigo te ligar
O porquê de não conseguir ir até você.

Quero ver seu lindo sorriso
Que me deixa embriagado de alegria
Quero olhar nos teus olhos
Que me faz suspirar de paixão.

É maravilhosa,
Especial,
Importante,
Única,
Perfeita e muito mais,
Não há como descrever o amor que por você sinto.

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Hiperbóreo

Sou um hiperbóreo. Não que eu seja perfeito e muito menos esteja feliz, apenas estou distante, em um lugar além das montanhas, onde nenhum mortal pode chegar. Talvez, por aquilo, não me faça entender. 

Meu eu faz parte de outro mundo, mas estou preso aqui com todos vocês e como vocês. Eu só queria está em outro lugar, a Hiperbórea, os campos Elíseos, a terra dos elfos, Aldebaraan, qualquer outro lugar.

quarta-feira, 15 de maio de 2013

De Euripes Pereira

Será que igual a gente o amor também
nasce no peito cresce e morre 
ou dorme mansinho depois de cansado 
com frio e molhado pelo pranto salgado 
que do rosto corre. 

Será que o amor é criança 
que brinca que pula da risada 
a toa 
e de repente percebe que só estava sonhando 
ai chora pois vê que a vida não e feita só de coisas boas.




terça-feira, 14 de maio de 2013

Será que você não está errado?


"Felipe, por que não vai conosco a casa de seus parentes? Deixe de ser preguiçoso. " "Por que não pode ir comprar minha cerveja? Preguiçoso." "Por que esse menino só vive em casa e não sai? Menino deixe de preguiça. Por que não vai trabalhar?"

De tanto ouvir me convenci. Porém, ninguém sabe que não fui ver meus parentes porque lá encontrarei alguém que só de pensar me faz sofrer. Não vou comprar a cerveja por causa do mal estar de ser encarado pelos bandidos e modelos de bandido que verei no caminho e no bar. Não sabe que não saiu por causa da minha falta de animo, oriunda da minha tristeza e desolação com tudo que vejo (resta pouca coisa para gozar).  Não trabalho por não conseguir superar meu medo ou passar (submeter) pela merda que o trabalho pode ser.

Acredito de tanto dizerem; minha mãe está certa, sou um merda. Mas ninguém olha todos os lados da maçã. Uma pessoa “A” ver um lado da maçã e a acha perfeita, então sai feliz, uma pessoa “B” vê o um lado oposto da pessoa A e diz que a maçã não é perfeita e tem uma mordida. “ Nem tudo que parece ser, é”, provavelmente eu erro ao julgar alguém, sua personalidade ou até mesmo atitude e por isso estou sempre disposto a ouvir, seja quem for, posso até não abrir um sorriso, mas ofereço meu companheirismo.

42


Os dias passam
E não sei o que fazer
Tudo o que quero...
É livrar-me das obrigações a mim imposta
É muita pressão, nada faz sentido.
Talvez tudo isto exista para dar o sentido
O homem natural “vive sem preocupações”
É isso que quero
Descompromisso ate certo ponto.
O Universo é tedioso e vazio, às vezes animado
Assim como a vida
No final o Universo destruirá a si mesmo
Talvez essa seja a resposta.

sábado, 11 de maio de 2013

How is?


Qual foi a mina que roubou seu coração ??‎


Roubou? Eu já peguei de volta ;)

para ela só minha empatia e velhos poemos jogados em um quarto escuro. Agradeço pela experiencia também. Who is? Dá um chute... '-'

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Bob e sua Harley

Bob era animal
Como ele não há igual
Bob aonde ia era amado
Ou detestado.
Lembro-me do dia em que o conheci
Ele dizia para todos ‘ouvir’
“Meu pau é de titânio”
Hahaha
Pobre Bob não passa de ossos e crânios
Bob se achava o tal
Gritava como louco:
-Pobre mortal!
Mas Bob não sabia
Que um dia ele cresceria
E veria quão bobo o “Bob” parecia.

Inegável todos sabe
Que bob era um gênio
Mas isso pereceria
Quando seu primeiro amor na porta bateria
Bob amou e se decepcionou
Mas Bob não chorou
Porque Bob não passa de ossos e crânios
Mas Bob sorrirá
Quando sua Harley voltar
Em chamas ele e ela arderão
E tudo ele esquecerá
Porque naquelas ruas vazias
Ele ardendo (de paixão) com ela estará entre fogos e chamas.

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Desafio

Um desafio. Cada personagem ou cena da imagem abaixo representa uma banda; você conseguiria descobrir o nome de alguma? Tenta ;)

terça-feira, 7 de maio de 2013

Quase


Em uma noite gelada eu não consigo dormir.
Estranhos me circundam
E eu corro,
porque você esta ali.
Lembro que jurei...
Jurei não morrer de amor por ti.

Os portões do paraíso estão aqui,
mas não posso abrir.
Há um muro entre 'eu' e você
Vejo as chaves contigo
Um grande desafio!

Meu presente tão esperado me deixaria bem
Mas sei que a outro foi dado
um beijo molhado.
Como poderei conquistar este alguém?

nada

Será que um politico deita em sua cama e começa a pensar: - nossa como este país está violento... O que eu poderia fazer?... Educação... Nãaaao. Não quero perder minha mamata e regalias, e quem sabe no futuro a de meus filhos. Dane-se os pobres, com seu dinheiro eu compro minha segurança.

Nãooo, ninguém pode chegar a isso.

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Quem será a minha Afrodite?

Amor. O que é o amor? Por que não consigo esmiuçar está palavra de 4 letras e defini-la? Será trabalho demais para um único ser humano? Um jovem e inexperiente garoto? Não pergunto sobre o amor que sua mãe tem por você, na realidade não sei se devo separa-los, mas digo do ‘amor romântico’ aquele da Disney, da TV, o clássico e cassaram-se e viveram felizes até a morte. O que era aquele sentimento que eu tinha por Mariana, mas que agora é apenas uma lembrança? A paixão, essa meretriz que também merece atenção no meu dicionário do conhecimento ou o guia da raça humana. Se a paixão é passageira, por que a foto da tal garota já citada me traz de volta toda a emoção esquecida (o amor)? Será mesmo o amor? É possível definir uma emoção ou um sentimento? Encho-me de questões e nada respondo, por mais que eu tente nunca consigo e então sou forçado a acreditar na Disney ou a dizer que tal coisa é uma mentira e então talvez acabar me iludindo. Oh! Afrodite responda a minhas preces.

Por que Deus não me revela?

Um cristão também se assusta e fica indignado quando a polícia mata inocentes em uma atitude covarde. Olha na TV e uma guerra em outra nação acontece e diz: para onde foi a humanidade? Mas ele sorrir e eu diria que fica até satisfeito quando lê passagens bíblicas onde Jeová incita a guerra ou age de forma covarde, como o que "ocorreu no Egito, antes do êxodo", entre aspas devido a minha duvida da veracidade desta história. 

Por que hoje a violência, que vem até de outras religiões, é condenável para os cristãos enquanto atos semelhantes relatado no antigo livro de seu deus são normais e felizes? Acho que um de meus companheiros de debates está certo, as coisas de Deus só foram reveladas aos pequeninos, porque não entra na minha cabeça como é possível ser contra algo dizendo que é errado e ao mesmo tempo fazer, dizendo que é certo.

Para não ficar mais confuso irei explicar, por exemplo, Josué. Josué líder de Israel, dos hebreus. Deus mandou que Josué comandasse o exercito hebreu ou israelense e destruísse alguns povos, entre eles os cananeus. O primeiro alvo do maravilhoso Josué foi Jericó. Essa cidade possuía muros altos e de densas pedras, e como não havia armas de cerco não haveria como entrar na cidade. Para resumir, Josué manda tocar cornetas por um tempo, foi ordem de Deus a Josué, e então após algumas sopradas, se não me falha a memória alguns dias depois, os muros caíram. Josué, a mando de Deus, assassina toda a população da cidade e não deixa nem mesmo viver bebes e crianças. Meu amigo me diz que muita gente acha que Deus é cruel por causa disso e outros honrosos feitos, mas Deus só mandou que Josué agisse assim, porque os cananeus adoravam deuses falsos e que poderiam contaminar a nação de Israel; e se preparem; e que esses deuses eram cruéis, e há um que me chama atenção, pois além de tudo, faziam sacrifícios de bebês a ele (o deus era Moloque, segundo pesquisa minha, mas ele esqueceu o seu nome). (Viva à Lógica Cristã)

Coloco na mesa, Ele manda matar bebês, e justifica dizendo que dá essa ordem  porque naquela cidade se adoravam deuses falsos e se matava bebes? Ele diz que os bebes eram descendentes, que contaminaria israel com a religião falsa do povo Cananeu. Essas crianças e bebês que não possui consciência de nada, inclusive de quem são, e que poderiam ser facilmente criados como hebreus são assassinados? Não há justificativa além de crueldade, talvez a única que vejo, quem sabe aliada ainda à pura maldade, seja a seguinte: Simplesmente os Israelenses, que eram invasores daquelas terras, queriam exterminar as nações que habitavam “a sua terra prometida” e para isso não deixariam vestígios daqueles povos e nenhum de seus reis ou descendente de reis iria viver, para que no futuro não ousassem a tentar tomar o que tinham roubado de seus pais ou pensar na doce vingança.

Outro caso é o êxodo, antes dele na realidade. Eu odeio esssa história ou estória (“não há nada que comprove a vivência hebreia no Egito”¹. “até então o número já chegava a mais de 1,5 milhões de pessoas”². Escravos eram um numero pequeno da população, isso supera até a população egípcia). Tenho fascinação pelos egípcios antigos, mas deixando ela de lado, fanatismo nunca ajuda, pensei com sinceridade nas pragas, na realidade fui levado a isso através de um desenho animado nada ortodoxo³. No desenho, e também na estória, chovia rãs (algo que realmente pode acontecer já choveu peixes e “sangue” também), o garotinho egípcio do desenho pergunta ao amigo judeu: “mas Kyle, Deus não se importa com as rãs?” e varias delas caiam e virava meleca no chão, mas o que me incomodou foi outra praga. A praga era a ultima, a que os filhos primogênitos morreriam se o Faraó não libertasse os Judeus, o egípcio pergunta ao judeu: “mas Kyle se Deus endurecer o coração de Faraó para que não libertem os hebreus, é justo matar seus primogênitos?”. Não acreditei e fui pesquisar e sim (Êxodo 7:2-4) está lá, nossa que justiça, e ainda no desenho o Faraó justifica a sua decisão de não libertar os hebreus ao pequeno egípcio; e o que acontece aos filhos daquela gente? Morrem naquela noite e é isso que comemorasse na páscoa. Meu amigo disse, era uma guerra entre os deuses e Deus. - tá, vidas em meio a uma picuinha de um Deus que se importa com meu bem estar.

O Rei e o Sacerdote

Acreditava, e ainda aceito, que "Se a religião ajuda uma pessoa a enfrentar suas contradições existenciais, seja bem-vinda, desde que não a torne intolerante, autoritária ou violenta."¹ E isso é verdade, mas de alguma forma os dogmas sempre lhe atingem. Recentemente passei por uma mágoa e tristeza profunda causada por um deles. 

Existem pessoas que levam sua crença em deus, até mesmo o cristão, sem as imundícies chamadas dogmas. Eu não defendo a existência da religião, e apesar de alguns adoradores dizerem que religião não é importante, sem ela Deus logo deixaria de existir, pelo menos da forma como o vemos. Os deuses de hoje teriam sorte em se tornar mitos apaixonantes como os gregos. Na realidade deus já é um ‘mito apaixonante’, porém vivo na cabeça do fiel e somente para o rebanho dele, e só não é tão apaixonante para mim, porque Zeus não quer interferir no meu modo de viver só porque o livro que meu vizinho guarda na estante da sala, diz que não devo ir trabalhar aos sábados e outras coisas completamente ridículas e desnecessárias para nossas vidas, diferente de um certo Jeová, que por ironia causa-me com sua suspeita inexistência mais danos e reflexões do que o meu próprio, e aparentemente existente, eu. 

O anticristo² está certo, não devemos ser compadecestes com as religiões, devemos tentar ao máximo convencer as pessoas próximas, só para começar, de que seguir uma religião, não exatamente Deus, é prejudicial a ela e ao mundo. Nenhuma religião, talvez possa excluir o budismo, conseguiu ou conseguirá melhorar nossas vidas, porque não cumprem com essa promessa e não há o desejo real de melhorar, é só uma promessa para atrair nosso ego, e através do nosso egoísmo (‘- viver para sempre, uau’) sermos levados a todo tipo de lorota e toda ação que se vissem de olhos honestos diria com horror na face: porque alguém faria isso? 

Às vezes, antigamente mais frequente e talvez ainda nas religiões tribais, nos tempos quando a natureza ao redor era um mistério, se recorria ao medo para manter um deus, manter uma fé viva, exemplo, o sacerdote dizia: se não fizer isso não choverá no mês que virá e nossa colheita será escassa. Vê o raio? É o poder de deus. 

Eu me pergunto, porque manter alguém em uma religião, fazendo promessas que para mim é possível que muitos sacerdotes duvidem da veracidade do que dizem? É simples, poder, domínio, controle. O poder político surgiu com os reis-sacerdotes. Reis reivindicavam o direito de governar por se dizerem filhos ou representantes e coisas semelhantes, de deus. Religião nasceu como instrumento de controle de massas, é mais uma arma que ilude o homem, que o torna alheio a sua ‘liberdade’, é mais uma corrente que nos prende a ilusões e mais um pano que tapa a verdade, somos escravos que trabalha pelo luxo de poucos homens canalhas e fazemos isso com um sorriso no rosto e os olhos na televisão. Digo “mais um” porque há, por exemplo, as ideologias e talvez outras coisas que minha falta de escolaridade e principalmente juventude não me deixe ver, sou aluno de ensino médio. 

Hoje há o estado laico. Pensando no jeito do George Carlin dizendo “Bullshit”, é isso que digo: calúnia! Pode até citar estados laicos, mas o que está em alguns? Ideologias, mas não é esse o caso. Não vejo o Brasil como um estado literalmente laico, se isso é possível, sempre há o poder da maioria lá enchendo, e às vezes para o político é preciso ceder aos canalhas do clero porque ele está consciente da importância da religião e ignorância, para manter o seu povo no caminho que ele quer e precisa para continuar como um rei. O Rei e o Sacerdote foram separados, mas ainda se apoiam e um depende do outro, talvez um mais do que o outro. 

Religião faz bem, mas só para sacerdotes e reis. Não é certo que mais pessoas chorem perdas, passem miséria, sejam injustiçadas, para resumir, sofram, por causa das consequências dos dogmas. Pessoas defenderiam que o caos iria reinar sem as religiões, já que a politica se apoia nela. Não acho, já falei das ideologias, mas não as defendo, e penso que uma sociedade pode sim ser livre, basta serem livres pensadores. De um jeito ou de outro, não vejo o que torna certo e aceitável que a religião continue fazendo vitimas, muitas vezes entre elas mesmas. 

Porém, outra questão surge e mais como uma barreira do que como pergunta. Sou covarde e não consigo dizer na cara de um velhinho de olhos simpáticos que o que ele carrega em seu coração é uma esperança vazia; como dizer a um drogado em recuperação que sua inspiração é falsa? (isso deveria ser trabalho da psicologia e não de deuses); como enfrentar um crente fervoroso ou um muçulmano radical? O medo e falta de ‘fé’ que as coisas mudaram, me levam ao vergonhoso silêncio, ficando as minhas palavras raramente a um seleto grupo e muitas vezes ao vento e meu quarto escuro.




1. Varella, Drauzio
2. Sam Harris

Sua Decisão



Não é que eu não queira ser seu amigo.
É que eu não posso olhar para você sem lembrar,
Fui rejeitado e iludido, mas é sua decisão.
É sua decisão
Eu admito

Gritos de dor convertem-se em lágrimas
Abafados pelo barulho da madrugada
Seus motivos não se fazem entender
É sua decisão
A sua decisão

Eles dizem mentiras
Eu acredito.
Não precisa ser hipócrita
Eu aceitei a sua decisão
É sua decisão

Sou egoísta por sentir dor?
Nem insisto pelo seu amor
O que faço se foi você que o criou?
Chorar não foi minha escolha
Já fazia, sem querer, por dentro
É culpa de sua decisão
É sua decisão

Creep

Todos nos somos bastardos
Sozinhos em um mundo desgraçado
Vejo cabeças para baixo e olhos desolados
Chorando a desgraça de um mundo amargo
Lembrando, em sua jaula, os bons dias passados.
“o silencio preludie o caos”
E a magoa afoga minhas pretensões
Uma mentira ‘deslavada’
Para um momento falso de alegria desastrada.

Você tem medo e
E por isso vive como um enfermo
Medo do abraço gelado da morte
Todos dizem que é amor
Hipócritas, negam a verdade
A prova maior é a primeira bomba megadeath lançada
O Inferno
Escravo da sua sina, a morte, o fim.