quinta-feira, 11 de julho de 2013

Deus, o ser inútil.

Perdoe-me Sensei acho que falta muita coisa nesse texto...

Eis que eu saio de minha caverna e qual a primeira coisa com que me deparo? Pessoas sofrendo... fome, doenças, mortes e toda miséria que pode cair sobre o homem... Voltei, voltei para a minha caverna.

Costumo ver por ai frases do tipo: “Como as crianças na África sofrem, como sou abençoado por Deus”, “Meu time ganhou, graças a Deus” ou “Sou o único sobrevivente, fui salvo pelo bondoso Deus”. Não consigo me sentir bem só por saber que aparentemente sofro menos que certas pessoas, mas tudo bem não é isso o importante; o repugnante é que ao fim das frases há um deus, melhor Deus.

Não dá para entender porque depois de uma deslizamento onde ficam vivos a sua família e a do vizinho morre alguém diz que recebeu a ajuda divina. O que o faz especial? O vizinho não orou tanto quanto ele? Não seria melhor ter parado a avalanche de lama? Conheço até às respostas que seriam dadas. “Deus é misterioso”, “você não entendi a justiça divina”. O que Deus faz é cagar para o que está acontecendo, estamos a nossa própria sorte em um mundo onde o caos sobre cai a todos. Cristão ou ateu em um desastre está sem ninguém apenas conta com a sorte. 

Deus está morto, mas temam em dizer ao contrário; teimam em compartilhar e gritar bem alto OLHE AQUELE MENDIGO DOENTE E SE ORGULHE E AGRADEÇA A DEUS POR SUA VIDA. Eu como humano, que supostamente não tenho nem uma pequena parte do amor de Deus em meu peito, sinto-me angustiado por não fazer nada a quem está doente ou com fome imagina aquele que criou tal sentimento. Ninguém que ama permitiria o sofrimento independente de qualquer regra patética ainda mais quando eu mesmo a criei e que está abaixo de mim..


Aparentemente Deus não se importa conosco ou não passa de um ser inútil.

Peço que nunca compartilhem coisas deste tipo: